05/06 Streaming muda hábito de consumo das pessoas em todo o mundo



 
Pacotes de streaming são cada vez mais comuns no dia a dia das pessoas e deverá ultrapassar grandes mercados em poucos anos, como cinema e venda de músicas online.
 
Você sabe o que são os serviços de streaming? Cada vez mais populares no Brasil, esses serviços são uma forma diferente de distribuir filmes, músicas e outros conteúdos multimídia através de internet. Geralmente o usuário paga uma mensalidade acessível para ter acesso a um acervo gigante de conteúdo. Vantajoso, não?
 
A popularidade dos serviços de streaming no Brasil cresceu com a chegada no Netflix em 2011. Os usuários da empresa norte-americana pagam uma mensalidade para assistir aos filmes disponíveis quando quiser e onde quiser (dispositivos móveis como smartphones e tablets, ou em tela maiores como notebooks e TVs). Por aqui, o Netflix já tem diversos fãs que adotaram o serviço como uma das principais fontes de entretenimento.
 
A partir disso, Vivo, NET, Sky e serviços de música como Rdio, Deezer e o recém chegado Spotify (conforme informamos na última edição do Summer Repórter) se acomodam nas terras brasileiras e mudam o hábito de consumo de milhares de pessoas, que passam cada vez mais a consumirem entretenimento online.
 

Dicas de serviços de streaming

NEFLIX
Para ver filmes: o principal serviço de streaming de vídeos, séries e programas de TV é o Netflix. Além de ter um dos maiores acervos do mundo, ele é compatível com diversos dispositivos como smartphones, tablets, consoles e TVs com entrada HDMI a partir de aparelhos como o Chromecast, recém chegado no Brasil.
 
Existem outros bons serviços de streaming de filmes e séries. O Crackle, por exemplo, é gratuito, o que vai pesar na escolha de muitos usuários, apesar de ter menos títulos e conter anúncios. Para quem tem TV por assinatura, vale a pena checar o serviço da própria operadora de TV. A NET possui o NOW e clientes Telecine e HBO também tem acesso grátis aos respectivos serviços de streaming.
 
spotify
Para ouvir música: o Spotify chegou ao Brasil com um acervo gigante de música. O usuário que quiser utilizar o serviço deve pagar aproximadamente R$15 todo mês (atualmente a cobrança é em dolar e cartão internacional), mas a variedade de artistas, álbuns e singles compensa. Outros serviços como Deezer e Rdio são muito parecidos.
 
Quem não quiser pagar para ouvir música tem a escolha de usar o Spotify na versão free, ou o Grooveshark também, porém com anúncios – não é a melhor experiência.
 

E onde o mercado de publicidade e marcas que querem investir entram na jogada?

 
Segundo matéria da revista Veja, até 2017 os canais de streaming que exibem vídeo irão superar o cinema e em diversos locais do mundo músicas são mais consumidos através de serviços sob demanda.
 
Portanto, apesar de muitos serviços não exibirem anúncios (inclusive por serem pagos), fica claro que o meio online é uma das melhores opções atualmente para divulgar qualquer marca e o número de possibilidades de divulgação é muito grande, incluindo anúncios gráficos em portais de notícias, vídeos e links patrocinados, como o Google AdWords.
 
 
A Summer Comunicação possui a consultoria em web marketing que a sua empresa precisa para decidir como investir em publicidade online. Entre em contato.
 

Nenhum Comentário

*Nome: *Email:

Site:
*Comentário:

HOME / QUEM SOMOS / SERVIÇOS / PORTFÓLIO / BLOG / CONTATO